Como se diz pão em...

...Português: Pão; ...Inglês: Bread; ...Holandês: Brood; ...Italiano: Pane; ...Espanhol: Pan; ..Francês: Pain; ...Grego: ψωμί; ...Russo: хлеб,... Alemão: Brot; . ... Sueco:

sábado, 11 de outubro de 2008

Marmelada


É um ritual que ambos trouxemos de casa dos nossos pais. Por volta de Outubro fazer doces, compotas e licores ( este último só o L.).

Há dois fins de semana atrás, foi a altura da marmelada. Dá trabalho, sim senhor, mas o resultado final vale a pena. Aqui vai a nossa receita, sem segredos para quem quiser saber:

Os ingredientes serão os do costume: Marmelos e 750 g de Açúcar por cada kg de marmelos depois de descascados e desencaroçados.


Descascam-se e desencaroçam-se os marmelos e poêm-se a cozer partidos em pedaços pequenos.
Depois de cozidos, escorrem-se e ralam-se com o passe vite. Recomenda-se o uso do passe vite e não da varinha mágica. É que pode parecer, mas o resultado não é bem o mesmo.

Reservar alguma água
para fazer a calda do açúcar.
Entretanto, mistura-se o açúcar com água e coloca-se ao lume até atingir o ponto de pérola. Sabe-se que o açúcar está no ponto certo, quando deixando cair um pouco da calda num copo com água, forma-se uma pequena bola semelhante a uma pérola, daí o nome. Atenção que a água é em pequena quantidade.
Recomenda-se que coloquem o açúcar no fundo da panela e o cubram com água. Podem também juntar a esta água alguma da escorrida da cozedura dos marmelos.
Depois de atingido o ponto pérola, adicionar lentamente pequenas quantidades da massa de marmelo. O lume deve estar brando e as quantidades devem ser pequenas. Enquanto se vai adicionando a massa deve-se mexer continuadamente.
Deixar levantar fervura e... já está!


Ter em atenção às queimaduras...

Enquanto a marmelada arrefece, é altura de preparar as malgas.
Depois de lavadas e secas, devem ser passadas por bagaço (aguardente) e escorridas.

Quando a marmelada estiver fria, enchê-las até um dedo de altura.

Aproveitem os últimos dias de calor, ainda sem humidades, para colocar as malgas a secar.
Quando já mostrar sinais de estar seca, cortar rodelas de papel vegetal do tamanho da boca da malga, molhá-las em bagaço e tapar a marmelada com elas.
Guardá-las em lugar sêco, enquanto resistirem!

Estão a imaginar o sabor desta marmelada com um pãozinho feito na MFP? Por exemplo, este acabadinho de fazer a espreitar ainda de dentro da máquina!



O resultado é este.

Não posso deixar de referir duas 'personagens' importantes nesta epopeia, que estão connosco desde o início: A panela e o garrafão do bagaço ;-)))



Nota: as fotos são todas minhas, excepto a dos marmelos, que já estavam na panela quando me lembrei de fotografar a receita


6 comentários:

Mãe Sandra disse...

:))

Esta tarde também estive a fazer marmelada e a geleia ainda está a acabar de fazer :)

Basicamente a receita é idêntica, mas fiz na minha ajudante de cozinha; a Bimby, e apesar de ser a 1ª vez que faço ficou muito boa.

Assim que conseguir ponho fotos no meu cantinho.

Bjcas

ameixa seca disse...

Cá em casa ninguém faz marmelada caseira... não criámos o hábito mas o mais estranho é que só comemos marmelada caseira he he. Ou seja, compramos uma marmelada caseira feita na nossa terra :)

Karla disse...

Que boa =)
e eu com esperança que também fosse feita na máquina...que ingénua que sou ;)
beijinho

psychic disse...

Descobri o teu blog pelo ParaCozinhar.com

Adoro!

Visitarei muito mais vezes!

psychic disse...

Peço desculpa pois já vi que o meusítio já estava listado no teu blog e só agora descobri o teu ... que falha grave da minha parte! :x

bjs

Reflexos disse...

Obrigada.
És sempre bem vinda ao meu 'brogue'